Política

Deputado cobra resposta do governo sobre retorno de servidores da Empaer

Publicados

Política

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

O deputado estadual Valdir Barranco (PT) usou a tribuna do Plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), nesta quarta-feira (22), para apresentar uma indicação cobrando uma ação imediata do governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (União), sobre o retorno imediato dos 61 funcionários e funcionárias da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), que tiveram seus contratos anulados pelo governo do estado, em 2021.

Publicado há quase um mês, no dia 26 de maio, a decisão dos desembargadores do Órgão Especial do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) abrange a preservação/restabelecimento dos vínculos jurídicos dos empregados públicos estaduais da EMPAER, contratados entre a Constituição de 1988 e antes da promulgação da Emenda Constitucional nº 19, de 1998, mas o governo estadual, até o momento, não proferiu nenhuma decisão sobre a volta dos funcionários.

“Já foi uma vergonha absurda a exoneração desses servidores e servidoras, e ainda é uma vergonha o que está ocorrendo com eles. Nós já tivemos a decisão do Pleno do Tribunal, da Turma Especial do Tribunal, que são os desembargadores mais antigos e o Acórdão publicado e, até o momento, nada foi resolvido”, disse.

Leia Também:  Parceria entre a Câmara de Cuiabá e Hospital Geral vai garantir leite materno aos bebês da UTI

Membro titular da Comissão de Agropecuária, Desenvolvimento Florestal e Agrário e Regularização Fundiária, o parlamentar defendeu que o trabalho do órgão seja fortalecido e estimulado, apesar dos desmandos e retrocessos direcionados a ele.

“Mesmo feliz com essa decisão favorável, seguirei lutando para que a Empaer seja reestruturada e os investimentos voltem a ocorrer. A instituição precisa e merece ser fomentada, seja em espaço físico ou na contratação de técnicos e técnicas, engenheiros e pesquisadores. Tudo isso impacta na ponta, quando o servidor for atender o cliente da agricultura familiar”, finalizou Barranco. 

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Carros e Motos

Município assume transporte coletivo, ônibus estão circulando sem cobrar passagem

Publicados

em

O transporte coletivo de Rondonópolis começou a operar hoje (01) com uma nova estrutura. Os usuários têm a disposição 50 ônibus com ar condicionado e sistema de auto-esterilização, que reduz o risco de contaminações. Outra novidade é que nos primeiros dias não haverá cobrança, permitindo que mais pessoas possam conhecer as vantagens trazidas pela municipalização do serviço.

“Estamos rodando de forma gratuita e peço para que a população venha conhecer esse novo modelo de transporte, que visa garantir mais conforto, agilidade e dignidade a todos”, disse a secretária Ione Rodrigues.

Nesta primeira etapa o sistema funcionará de forma compartilhada com a empresa Cidade de Pedra, que detinha a concessão anteriormente. Os ônibus serão operados por trabalhadores da empresa, até a conclusão dos trâmites jurídicos e legais da composição da estrutura da autarquia – com a formatação dos mecanismos de contratação e funcionamento técnico, administrativo e gerencial.

A secretária também explica que a prioridade inicial é melhorar questões como a pontualidade e reduzir o intervalo de freqüência nas linhas já existentes.

Paralelamente haverá também a inclusão de novas linhas e investimentos visando agilizar o transporte coletivo, como a criação de corredores exclusivos para os ônibus da autarquia.

Leia Também:  Ministério Público articula reunião sobre planos de mobilidade urbana

Eduardo Ramos – Da Redação

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

RONDONÓPOLIS

POLÍTICA

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA